terça-feira, janeiro 10, 2017

Em memória de Mário Soares

Não tenho palavras para qualificar a morte de Mário Soares no passado sábado, 7 de janeiro de 2017.
Foi uma grande Amigo mas, sobretudo, um grande Mestre.
Hei-de escrever, num dia destes, o que me disse quando aceitei ser diretor adjunto do Portugal Hoje; e o que conversamos quando saí.
Acabei precocemente a carreira jornalística porque segui o seu conselho amigo.

Sem comentários: